Governadores discutem o Pacto Federativo no Congresso Nacional

20 de Maio de 2015, 20:00

Deputados e Senadores receberam governadores de todas as regiões do país para um encontro
organizado com o objetivo de debater o repasse de verbas do governo federal
para os estados e municípios. O “Pacto Federativo” é visto como fundamental
para a resolver o endividamento pelo qual padece a maioria dos estados
brasileiros.

Atualmente, mais de 60% dos recursos
dos impostos ficam com o governo federal, 25% com os Estados e apenas 15% é a
parte que cabe aos municípios. De acordo com o deputado Vitor Lippi,
ex-prefeito de Sorocaba, é na cidade que as pessoas buscam pelos atendimentos
nas estruturas de saúde, educação e segurança, além de cobrarem por saneamento
e toda infraestrutura necessárias para atender a população. “É um absurdo a
maior parte ficar com o governo federal e a menor parte com os municípios.
Temos que rever esta distribuição que é injusta com os municípios e com a
população brasileira”, afirma.

Juntamente com o governador Geraldo
Alckmin, Lippi defende que seja definida uma agenda de prioridades acerca do
tema e que a revisão do modelo de partilha dos recursos seja alterada de modo a
contemplar de forma justa as 5.570 cidades brasileiras.

Na
quinta-feira, (21), encontro entre os presidentes da Câmara e do Senado irá
definir nova agenda de debates com base nas sugestões apresentadas pelos
governadores.