Vitor Lippi debate no Ministério das Comunicações, a elaboração do novo modelo regulatório de telecomunicações

07 de Abril de 2016, 11:00

Em encontro com o ministro
das Comunicações, André Figueiredo, o deputado federal Vitor Lippi (PSDB/SP)
discutiu proposta, elaborada por um Grupo de Trabalho que envolve o ministério,
a Anatel e parlamentares, que vai modernizar o marco regulatório do setor.

O conjunto de leis em
vigor foi elaborado há quase 20 anos, quando a telefonia fixa, hoje pouco
usada, era o centro das políticas públicas de comunicação.

Para o deputado
sorocabano, a legislação passada foi importante e já cumpriu o seu papel e na
atualidade, o foco deve ser a universalização da banda larga. “Precisamos
aumentar o acesso dos brasileiros à internet. O país precisa se tornar mais
competitivo e sabemos que uma das formas é melhorar a oferta de banda larga
para todos os lares brasileiros”, afirmou.

O parlamentar enfatizou também a relevância
do lançamento do primeiro satélite geoestacionário brasileiro, que deverá ser
colocado em funcionamento até fevereiro no próximo ano e vai promover a
expansão da banda larga, integrando áreas que não contam com rede terrestre ou
de menor interesse econômico.

O ministro André
Figueiredo destacou a importância do trabalho entre o legislativo e o executivo
no fortalecimento das ações. “ Estamos
discutido, juntos, um novo formato para as telecomunicações no Brasil, que
inclui metas que acompanham a nova realidade nacional", completou.

Lippi agradeceu o empenho da equipe de trabalho, chefiada pelo
secretário de Telecomunicações do Ministério, Maximiliano Martinhão, que
elaborou com primor o relatório final o GT e salientou que as propostas apresentadas
são exequíveis e sustentáveis. “É uma política de Estado
que recebe contribuições em um formato complementar". Finalizou.