Vitor Lippi questiona ministro Edinho Silva e cobra transparência no repasse de verbas públicas para a publicidade do Governo

14 de Maio de 2015, 00:00

Durante audiência pública com o ministro-chefe da Secretaria de
Comunicação da Presidência da República, Edinho Silva, na Comissão de Ciência e
tecnologia da Câmara, o deputado sorocabano Vitor Lippi questionou o uso de
verba pública para a promoção partidária.

Vitor Lippi lembrou que existem situações em que a destinação das verbas
da secretaria aos veículos de comunicação está mal explicada, além da
necessidade de ajustes no direcionamento das campanhas publicitárias.

Para o deputado, propagandas institucionais voltadas para a
conscientizar e educação deveriam ser priorizadas pelo governo, como exemplo, o
crescente número de pessoas contaminadas pelo HIV. "Cerca de 50% dos
jovens não usam preservativos. É um problema gravíssimo que passa pela questão
da comunicação. Peço o apoio do governo para que dê a atenção merecida ao caso,
pois a cada ano milhares de pessoas são contaminadas."

O parlamentar cobrou do ministro Edinho Silva um balanço com os gastos
mensais feitos pelo governo com cada veículo de comunicação, bem como, das
estatais e bancos públicos. A iniciativa, proposta por Lippi, tem como objetivo
verificar a impessoalidade e a transparência defendidas pelo ministro. Os
requerimentos de verificação dos gastos serão encaminhados à Secretaria de
Comunicação do Governo nos próximos dias.