Vitor Lippi vota a favor das 10 medidas de combate a corrupção

30 de Novembro de 2016, 12:00

Depois de 12 horas de sessão, a câmara dos deputados, em Brasília,
encerrou a votação do pacote “10 medidas de combate a corrupção” proposto pelo
Ministério Público Federal por meio de iniciativa popular que contou com a
assinatura de mais de 2 milhões de brasileiros.

A polêmica votação, que aconteceu “na calada da noite”,
ficou por conta de emendas que na visão do deputado Vitor Lippi prejudicam a
autonomia do poder judiciário nas investigações dos crimes de corrupção. “Nós
votamos contra as emendas apresentadas pela bancada do PT e seus aliados pois
acreditamos que o momento é o de fortalecer as investigações da Lava Jato e
outras operações correntes na Polícia Federal”, finalizou Lippi.

Apesar do voto contrário, essa e outras emendas foram
aprovadas pelo plenário da Câmara causando indignação na bancada de deputados
do PSDB. “Infelizmente não tivemos o número de deputados suficientes para
defender a vontade da ampla maioria da população”, afirmou Vitor Lippi,
ex-prefeito sorocabano.

O projeto de lei já se encontra no Senado
Federal para votação e depois, caso aprovado novamente, será encaminhado ao
presidente Michel Temer para sanção ou veto.